Beber diariamente chá verde e café são ligados a um menor risco de morte em pessoas com diabetes

0
48
Café

Beber muito chá verde e café está ligado a um menor risco de morrer por qualquer causa entre as pessoas com diabetes tipo 2, sugere uma pesquisa publicada na revista online BMJ Open Diabetes Research & Care.

Beber 4 ou mais xícaras diárias de chá verde mais 2 ou mais de café estava associado a um risco de morte 63% menor durante um período de cerca de 5 anos, os resultados mostram.

As pessoas com diabetes tipo 2 são mais propensas a doenças circulatórias, demência, câncer e fraturas ósseas. E apesar de um número crescente de medicamentos eficazes, as modificações no estilo de vida, como exercício e dieta, continuam a ser a pedra angular do tratamento.

Pesquisas publicadas anteriormente sugerem que o consumo regular de chá verde e café pode ser benéfico para a saúde devido aos vários compostos bioativos que essas bebidas contêm.

Mas poucos destes estudos têm sido realizados em pessoas com diabetes. Portanto, os pesquisadores decidiram explorar o impacto potencial do chá verde e do café, separadamente e combinados, sobre o risco de morte entre pessoas com a condição.

Eles rastrearam a saúde de 4923 japoneses (2790 homens, 2133 mulheres) com diabetes tipo 2 (idade média de 66 anos) por uma média de pouco mais de 5 anos.

Todos eles haviam sido inscritos no The Fukuoka Diabetes Registry, um estudo prospectivo multicêntrico sobre o efeito de tratamentos medicamentosos e estilo de vida na vida de pacientes com diabetes tipo 2.

Cada um deles preencheu um questionário de 58 itens de alimentos e bebidas, que incluía perguntas sobre a quantidade de chá verde e café que eles bebiam todos os dias. E eles forneceram informações sobre fatores do estilo de vida, como exercícios regulares, fumo, consumo de álcool e horas noturnas de sono.

Também foram tomadas medidas de altura, peso e pressão arterial, assim como amostras de sangue e urina para verificar os potenciais fatores de risco subjacentes.

Cerca de 607 dos participantes não beberam chá verde; 1143 beberam até uma xícara por dia; 1384 beberam 2-3 xícaras; e 1784 beberam 4 ou mais. Quase 1000 (994) dos participantes não bebiam café; 1306 bebiam até 1 xícara por dia; 963 bebiam uma xícara por dia; enquanto 1660 bebiam 2 ou mais xícaras.

Durante o período de monitoramento, 309 pessoas (218 homens, 91 mulheres) morreram. As principais causas de morte foram câncer (114) e doenças cardiovasculares (76).

Em comparação com aqueles que não bebiam nenhuma bebida, aqueles que bebiam uma ou ambas tinham menor probabilidade de morrer por qualquer causa, com as menores probabilidades associadas a beber maiores quantidades tanto de chá verde quanto de café.

Beber até 1 xícara de chá verde por dia estava associado a uma probabilidade 15% menor de morte; enquanto beber 2-3 xícaras estava associado a uma probabilidade 27% menor. Beber 4 ou mais xícaras por dia estava associado a 40% de probabilidade de morte.

Entre os bebedores de café, até 1 xícara diária estava associada a 12% de probabilidade de morte; enquanto 1 xícara por dia estava associada a 19% de probabilidade de morte. E 2 ou mais xícaras estavam associadas a 41% de chances mais baixas.

O risco de morte era ainda menor para aqueles que bebiam tanto chá verde quanto café todos os dias: 51% menor para 2-3 xícaras de chá verde mais 2 ou mais xícaras de café; 58% menor para 4 ou mais xícaras de chá verde mais 1 xícara de café por dia; e 63% menor para uma combinação de 4 ou mais xícaras de chá verde e 2 ou mais xícaras de café por dia.

Este é um estudo observacional, e como tal, não pode estabelecer causa. E os pesquisadores apontam várias advertências, incluindo a confiança em avaliações subjetivas das quantidades de chá verde e café bebido.

Também não foi coletada nenhuma informação sobre outros fatores potencialmente influentes, tais como renda familiar e nível de escolaridade. E o chá verde disponível no Japão pode não ser o mesmo que o encontrado em outros lugares, acrescentam eles.

A biologia por trás destas observações não é totalmente compreendida, explicam os pesquisadores. O chá verde contém vários compostos antioxidantes e antiinflamatórios, incluindo fenóis e teanina, assim como cafeína.

O café também contém numerosos componentes bioativos, incluindo os fenóis. Além de seus efeitos potencialmente nocivos ao sistema circulatório, pensa-se que a cafeína altera a produção e a sensibilidade da insulina.

“Este estudo de coorte prospectivo demonstrou que o maior consumo de chá verde e café estava significativamente associado à redução da mortalidade por todas as causas: os efeitos podem ser aditivos”, concluem os pesquisadores.

Referências

Medicalxpress.com | Drinking green tea and coffee daily linked to lower death risk in people with diabetes

Additive effects of green tea and coffee on all-cause mortality in patients with type 2 diabetes mellitus: the Fukuoka Diabetes Registry, BMJ Open Diabetes Research & CareDOI: 10.1136/bmjdrc-2020-001252

Deixe uma resposta